Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/customer/www/maereal.pt/public_html/wp-content/plugins/convertkit/lib/class-convertkit-api.php on line 1315

Este ano mais do que nunca parece ser importante praticar a gratidão. Sim, porque a gratidão pratica-se até que se torne algo completamente natural para nós, tal como um hábito.

O covid-19 criou problemas de depressão, stress e ansiedade, em pessoas mentalmente saudáveis e agravou a situação de outras pessoas que já sofriam problemas deste foro. Tudo isto devido ao confinamento, ao isolamento, aos lay-offs, à incerteza do futuro.

MEIOS DE COMUNICAÇÃO

Ora vejam o desenvolvimento destes problemas de saúde mental nos principais meios de comunicação:

“A Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) defendeu esta terça-feira que é preciso continuar a apostar na prevenção para acautelar problemas de saúde mental potenciados pela pandemia covid-19, o que passa pelo reforço do acompanhamento psicológico nos centros de saúde.” (maio 2020, fonte: https://www.publico.pt/2020/05/12/sociedade/noticia/covid19-aumenta-stress-ansiedade-depressao-preciso-prevenir-evitar-males-maiores-1916204)

“Quase 80% dos estudantes do ensino superior do Porto dizem ter sentido “aumento do estado de ansiedade ou depressão” por causa da pandemia de covid-19, disse esta sexta-feira à Lusa o presidente da Federação Académica da cidade.” (junho 2020, fonte: https://expresso.pt/coronavirus/2020-06-26-Covid-19.-Quase-80-dos-estudantes-universitarios-do-Porto-sentiram-aumento-de-ansiedade-ou-depressao)

“A pandemia de Covid-19 agravou muitas situações de ansiedade, depressão e perturbações do comportamento alimentar nos jovens, bem como os consumos de álcool e tabaco, segundo a coordenadora docentro de atendimento para adolescentes Aparece. Devido ao confinamento imposto pela pandemia de Covid-19, “os jovens ficaram em casa, comeram mais, engordaram. Outros começaram a fazer dietas restritivas porque tinham engordado muito”, afirmou em entrevista à agência Lusa Maria de São José Tavares.” (agosto 2020, fonte: https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2020-08-06-Pandemia-agravou-situacoes-de-depressao-e-perturbacoes-alimentares-nos-jovens)

PRATICAR A GRATIDÃO

A gratidão é uma qualidade virtuosa que nos permite ver o melhor uns nos outros e nas nossas vidas. A prática da gratidão ajuda-nos a ficarmos otimistas (e admitamos, bem que estamo a precisar de um pouco de otimismo nesta altura) e felizes.

Como já havia explicado no post sobre GRATIDÃO, a dopamina e a serotonima são dois neurotransmissores que fazem com que uma pessoa se sinta bem, positiva e confiante. Logo FELIZ!

A serotonima ajuda a ter uma boa noite de sono enquanto que a dopamina ajuda a ter uma sensação de bem estar e auto-realização.

Para aumentar a serotonima, devemos lembrar-nos de momentos felizes e ser gratos para com as pessoas à nossa volta, não apenas aquelas que fazem parte da nossa vida, como familia e amigos. Temos de ser gratos a todos.

Para aumentar a dopamina devemos realizar atividades que nos dão prazer como ler, ouvir música, dançar, praticar desporto, falar de nós próprios…

Estudos sugerem que com a prática regular da gratidão iremos treinar o cortex pré-frontal para apreciar e reter as experiências e pensamentos positivos e ignorar / ultrapassar os negativos.

Se ainda não praticam a gratidão, do que estão à espera?

Ok, eu admito que até eu andei um pouco perdida no início da pandemia, mas a verdade é que tenho de dar graças por estarmos todos bem e estarmos todos juntos. Aliás tenho de dar graças por tanta coisa, que não faz sentido não o fazer por causa do covid-19.

Mas se ainda não estão convencidas, vejam a seguir os benefícios da prática da gratidão.

10 BENEFÍCIOS DA GRATIDÃO

  1. Aumentar os sentimentos de gratidão pode reduzir a depressão. Isso ocorre porque a depressão prospera com o excesso de pensamento negativo, o que afeta negativamente o humor. A gratidão, por outro lado, ajuda a criar pensamentos mais positivos e otimistas. Isso melhora o humor.
  2. A gratidão fortalece a resiliência. Resiliência é “a capacidade de se recuperar rapidamente de dificuldades. ”A resiliência depende do otimismo e da esperança para o futuro, que são fortalecidos quando nos focamos no bom e nas cisas positivas que existem na nossa vida.
  3. As pessoas têm menos dor crónica quando são mais gratas. A dor é certamente física, mas os pensamentos que temos sobre a dor são puramente psicológicos. Esses pensamentos podem piorar ou melhorar a experiência da dor. Quando nos focamos nas coisas positivas da nossa vida, fica mais difícil pensar em aspectos negativos ou no sofrimento. A resistência à dor torna a experiência da dor ainda mais difícil. A gratidão ajuda a praticar exatamente o oposto.
  4. A gratidão ajuda a aumentar a auto-estima. A nossa auto-estima pode ficar bem baixa se estivermos constantemente concentrados nas nossas deficiências, fraquezas e quedas. Por outro lado, se nos concentrarmos nos aspectos positivos da nossa vida, incluindo nos nossos pontos fortes e habilidades e / ou características únicas, isso ajudará a melhorar a nossa auto-estima e confiança.
  5. As pessoas são mais propensas a ajudar os outros quando praticam a gratidão. A gratidão também ajuda a melhorar os nossos relacionamentos e o quanto as pessoas gostam de nós. Isto acontece porque pensamos no melhor dos outros quando praticamos a gratidão. Quando assumimos o melhor nos outros, isso também se reflete em nós, e as outras pessoas vão gostar mais de você como resultado – devido à nossa confiança nelas.
  6. A gratidão melhora o sono. Damos menos valor às preocupações do dia a dia. É mais fácil dormir bem quando estamos satisfeitos.
  7. Ao praticar a gratidão, estamos a treinar o nosso cérebro para reter experiências positivas.
  8. A gratidão ajuda a aumentar os níveis de energia. As pessoas deprimidas podem ficar mais lentas e sem energia. Enquanto, por outro lado, as pessoas que estão de bom humor geralmente podem têm mais energia e motivação?
  9. A gratidão reduz os sentimentos de ciúme. O ciúme geralmente vem de sentimentos de insegurança e baixa auto-estima. Praticar a gratidão neutraliza essas percepções negativas sobre nós póprias com pensamentos e sentimentos positivos. Como resultado, a nossa confiança aumenta e a tendência ao ciúme diminui.
  10. A gratidão melhora a nossa saúde física. Uma enorme fonte de saúde física negativa vem da inflamação. O estresse é uma enorme fonte de inflamação dentro do corpo. Por outro lado, a gratidão (que pode diminuir os níveis de estresse) também pode ajudar a diminuir a inflamação e aumentar a nossa motivação para cuidarmos de nós próprias fisicamente.

COMO COLHER OS BENEFÍCIOS DA PRATICA DA GRATIDÃO

Saboreia experiências positivas! Sê optimista! Vê o copo meio cheio!

Diz às pessoas algo de bom sobre elas. Expressa gratidão pelos outros. Diz obrigada mais vezes.

Ajuda outras pessoas apenas porque sim. Ajuda um vizinho a levar as compras para casa. Mantem a porta aberta quano alguém vai entrar ou sair. Sê voluntária.

Começa um diário de gratidão. Anota diariamente 3 a 5 coisas pelas quais estás grata. Isso vai ajudar-te a concentrares-te no lado positivo da tua vida.

E já agora, porque não começares um diário da gratidão com o teu filho?

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.