Estas dicas não são minhas. São um resumo de várias dicas que encontrei online que ajudam os nossos filhos no regresso às aulas e durante todo o ano letivo (na verdade são para serem seguidas, se quiserem, durante todo o ano).
 
E agora partilho convosco.

8 DICAS PARA AJUDAR OS NOSSOS FILHOS

 
🧠 Escrever algo é o equivalente a ler esse algo 7 vezes – não encontrei nenhum estudo que confirmasse isto, mas a verdade é que eu sempre escrevi, fiz resumos e cópias para aprender e penso que resultou comigo 😀;
 
🧠 Manter as crianças hidratadas – bem, isto aplica-se a todos nós. Li num site que “Beber água ajuda a melhorar o desempenho cognitivo. Um estudo realizado na Grã-Bretanha observou 447 estudantes de psicologia que estavam a realizar uma prova. Aqueles que levaram água para a realização da prova saíram-se melhor do que os que não o fizeram. Os pesquisadores envolvidos nesse estudo afirmam que esse resultado pode ser explicado, por exemplo, pelo fato de a água reduzir a ansiedade, o que favoreceu uma melhor realização da prova.”;
 
🧠 Usar a música como motivação – a música liberta dopamina no nosso corpo, o que significa que ficaremos com um humor melhor, com mais autoestima e mais predispostos a continuar a estudar / trabalhar;
 
🧠 Ter snacks saudáveis à mão – “No livro “Alimentação saudável para crianças inteligentes”, Patrick Holford aponta cinco alimentos que não podem faltar (hidratos de carbono de libertação lenta. ácidos gordos essenciais, fosfolípidos, aminoácidos, vitaminas e minerais) e outros tantos a evitar (açúcar refinado, gorduras danificadas, aditivos químicos, minerais tóxicos como cobre e mercúrio e alimentos a que a criança seja alérgica), para melhorar o rendimento escolar. Fritos e doces tornam o cérebro mais “compacto” e sem espaço suficiente para trocas elétricas. Crianças que ingerem muito açúcar refinado têm níveis de inteligência mais baixos e comportamentos mais violentos e desviantes. (in ordem dos nutricionistas);
🧠 Ter uma rotina ao deitar – Um sono de qualidade e por tempo adequado pode proporcionar diversos benefícios à saúde do organismo em geral. Por fortalecer o sistema imunológico, liberar a produção de alguns hormônios e consolidar a memória, dormir bem pode te ajudar a concentrar-se melhor (in pfizer);
 
🧠 Usar o aroma de hortelã-pimenta como estímulo – é um ótimo estimulante mental. Além de ajudar com a concentração, os componentes mentol e mentona encontrados em sua composição, também são utilizados para combater a síndrome de burnout (online);
 
🧠 Comer chocolate enquanto estudam – um estudo reaizado por investigadores italianos, comprovou que, logo após a ingestão de cacau, há melhoras significativas na memória, atenção, retenção de dados visuais e ainda, na rapidez do pensamento (online)
 
🧠 Técnica Pomodoro – “25 minutos de concentração, seguidos de 5 minutos de descanso: essa é a base do método Pomodoro de estudo. Com isso, é possível driblar distrações e ter mais foco para estudar, de forma simples e prática. Ou seja, basta dividir as tarefas em intervalos curtos, enquanto faz pausas frequentes para respirar e relaxar (in estuda aqui);
 
O que vos parecem estas dicas?
Seguem alguma? 👇
O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.