Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/customer/www/maereal.pt/public_html/wp-content/plugins/convertkit/lib/class-convertkit-api.php on line 1315

Com crianças em casa?

Eu não sou nenhuma especialista do Amor, mas sei que haver romance num casal é uma parte muito importante para uma relação sobreviver.

Eu e o Pai estamos juntos há quase 18 anos. Viemos viver juntos no ano que perdemos o nosso anjinho. O que significa que vivemos juntos há 7 anos.

Durante estes anos todos tivemos de aprender a viver juntos e ainda estamos a aprender. O que é perfeitamente normal. Nós vamos mudando ao longo dos anos. Vamos nos melhorando com as experiências que vivemos diariamente, com livros que vamos lendo. E como se não bastasse a nossa melhoria diária, há também o comodismo. Quando estamos tanto tempo com uma pessoa, vamo-nos acomodando, tomamos as pessoas por garantido, inconscientemente achamos que não precisamos de nos esforçar por agradar a outra pessoa, para a fazer feliz. Porque se estamos juntos, é porque estamos felizes, certo?

ERRADO

A maioria dos casais lamenta, após o casamento e após terem filhos, não viverem o mesmo tipo de amor de quando apenas namoravam. Sentem falta do romance. Sentem falta de simplesmente estarem juntos. Na verdade, com a rotina, os filhos, os empregos, as obrigações e responsabilidades, os casais andam tão cansados que se esquecem do romance, o seu desejo sexual diminui, acabando por simplesmente viverem uma vida de parceiros de casa (room mates) em vez de uma vida como casal.

“Romance é o ato de manter vivo o namoro muito depois do dia do casamento. Dito de outra forma, o romance é uma amizade íntima celebrada com expressões de amor reservadas apenas um para o outro. ” (Dr. Gary Smalley e Dr. John Trent)

Então, como criar romance a dois?

5 DICAS PARA CRIAR ROMANCE A DOIS

Aqui ficam 5 dicas para criar romance a dois, mesmo com crianças em casa.

  1. Romance é Relação, isto significa que devemos ter uma relação forte e afetuosa no nosso dia a dia com a nossa cara metade, sendo gentis, atenciosos, fazendo perguntas sobre o dia, sobre o trabalho ou até mesmo a ida ao ginásio. O importante é mostrar que nos interessamos genuinamente.
  2. Romance é um Processo a dois – o que significa que para haver romance, temos de estar em sintonia. Ou seja, temos de ter a mesma noção de romance. Imaginem que a vossa cara metade vos leva num encontro no bowling (depois do covid-19 claro). Para ele pode ser uma saída romântica, mas para ti, não. Mas se ele optou pelo bowling pode ser porque não sabe o que é romântico para ti, assim como tu podes não saber o que é romântico para ele.
  3. Romance é uma Surpresa. Descobrir o que é romântico para cada um de vocês, não quer dizer que não vão poder fazer mais surpresas. Quer dizer que podem surpreender a vossa cara metade de forma mais simples, como um bilhete no bolso do casaco, uma mensagem a meio do dia, o prato preferido dele/a, ou até mesmo uma noite de cinema (em casa ou no cinema) com o filme preferido dele/a.
  4. Romance é Consistência. Não basta organizar um jantar especial no sábado e depois esquecer-se da cara metade no resto da semana. É preciso consistência, paciência e mais importante vontade.
  5. Romance é Atenção. Concentrem-se um no outro. quando estiverem juntos, esqueçam a tv, os telemóveis, os computadores, as crianças e até mesmo problemas. Eliminem as distrações e concentrem-se em aproveitar o tempo um com o outro.

O PROBLEMA NÃO SÃO AS CRIANÇAS

O problema não são as crianças. O problema somos nós.

Para criarmos romance a dois precisamos de ter uma Relação, de trabalharmos no Processo a dois, de Surpreendermo-nos mutuamente, a sermos Consistentes e dar Atenção um ao outro.

Temos também de entender que criar romance leva o seu tempo e só é possível com esforço. Mas o resultado final vale a pena.

Todas nós queremos continuar a sentir o formigueiro ou as borboletas cá dentro cada vez que a nossa cara metade olha para nós, nos toca e beija.

Partilha estas dicas com a tua cara metade. Mostra-lhe que te interessas e que queres voltar a sentir as borboletas.

Pergunta-lhe diretamente do que é que ele gosta. O que é romântico para ele. Como se sente ele na vossa relação.

Faz sentido para ti?

Posts relacionados:

 

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.