Devem estar a pensar que fiquei maluca de vez! Faltam 78 dias para o Natal e ela aqui a falar no Natal e poupar e prendas, etc….

E sabem o que vos respondo? Faltam APENAS 78 dias para o Natal! Não, eu não contei os dias no calendário. Apenas fui à pagina do Facebook do Pai Natal (sim, porque NÓS somos amigos no face 🙂 ) e vi no countdown que faltam 78 dias. Se há alguém que saiba quanto tempo falta para o Natal, é o Pai Natal, certo?!

Para quem me conhece, sabe que eu começo a pensar no Natal mal o tempo começa a arrefecer. Gosto de ter tudo planeado e organizado e pronto para receber esta época festiva. Não se esqueçam que o Natal é passado cá em casa com as famílias de ambos os lados, e eu quero que seja perfeito. Bem eu tento que seja perfeito. Mas há coisas que fogem do meu control e não há nada a fazer.

Mas este post que aqui vos trago é para vos ajudar a Poupar no Natal, porque num abrir e fechar de olhos, o Natal estará aí à porta e é preciso comprar prendas, decorações e comida. Por isso, e para que o subsídio de Natal não desapareça de uma só vez, sigam as minhas dicas que vos ajudarão a Poupar no Natal.

12 DICAS PARA POUPAR NO NATAL

  1. Comprar presentes durante todo o ano durante as promoções e saldos. Por norma já aproveitamos esta altura para comprar roupa para os nossos filhos, mesmo que não dê para usar no ano em que a compram, no próximo ano os pequenos estarão maiores, e a roupa já servirá. Existe ainda outras ocasiões que podemos aproveitar para fazer compras, como o Black Friday ou quando uma certa marca de supermercados faz uma dia louco de 50% de desconto de brinquedos para o cartão. Ah, mas e depois o talão de troca? Não há talão de troca. Se comprarem brinquedos, testem os brinquedos sem os vossos filhos se aperceberem. Se estiverem estragados, podem sempe trocá-los dentro do prazo legal. As prendas para familia e amigos, pensem bem no que querem dar, no que essa pessoa gostaria de receber. E se ela não gostar, paciência. Não há trocas 🙂
  2. Poupar um pouco todos os meses. Há quem o faça para as férias ou para a lua de mel. Arranjem um mealheiro e todos os meses coloquem lá dinheiro.
  3. Usar cartões de crédito que devolvem dinheiro, o chamado cashback. Algumas entidades bancárias dão uma pequena percentagem de reembolso quando utilizamos os cartões de crédito para fazer compras. Coloquem esse dinheiro de lado e usem-no para as compras de Natal.
  4. Cortar em gastos extras, e que às vezes podem ser desnecessários, como por exemplo, comer fora, ir ao cinema todos os fins de semana, comprar roupa, sapatos, carteiras, bijuteria por impulso, etc….
  5. Vender o que não precisam mais. É uma forma de organizar a casa, dizer adeus às coisas que não utilizam mais, e ganhar um dinheiro extra que será gasto nas compras de Natal. Existem muitos sites de vendas, assim como grupos no facebook onde podem colocar os vossos produtos à venda.
  6. Fazer horas extras pagas ao longo do ano. Sei que não é a melhor opção e que já andam cansadas com o horário normal, mas se a entidade patronal pedir e pagar, porque não? Tudo o que ganharem, coloquem numa conta poupança para o Natal, ou no vosso mealheiro.
  7. Arranjar um trabalho part-time temporário. Se não conseguirem fazer horas extras no trabalho, então porque não arranjar um part-time? 
  8. Abrir uma conta poupança de e para o Natal. Assim todo o dinheiro extra que forem juntando durante o ano, vai diretamente para essa conta.
  9. Fazer um um plano e elaborar um orçamento e cumpri-lo.
  10. Aproveitar as promoções dos hipermercados. A partir de setembro, os principais hipermercados fazem promoções nos brinquedos. Alguns fazem até 80% de desconto imediato. Outros fazem desconto para cartão. Claro que devemos estar atentos aos preços. Recentemente fui a um hipermercado que estava com os brinquedos em promoção. Queriamos comprar as prendas para o Dinis, visto que ele ainda não pede nada, por isso é sempre mais fácil comprar para ele. No entanto, quando lá chegámos, vimos que os preços com desconto eram os mesmos de uma outra loja de brinquedos muito conhecida. Isto é, uma caixa de legos pequena comprada nessa loja de brinquedos custa sempre 9.99€. No hipermercado essas mesma caixas de legos custavam 9.99€ em promoção. Nem perdemos tempo à procura de brinquedos. Sinceramente, sentímo-nos roubados!
  11. Utilizar os descontos que vão para o cartão (sim, daquele hipermercado muito conhecido, mas que não me paga para fazer publicidade). Se conseguirem ir acumulando os descontos e utilizá-los apenas no Natal, acreditem, será um Natal bem poupado e quase de borla.
  12. Começar o mais rápido possível para ter o máximo de tempo possível para alcançar os objetivos. Pode parecer que o Natal está muito longe, mas se pouparmos um bocadinho todos os meses, quando chegar o Natal teremos uma boa quantia para utilizarmos quer seja em prendas, comida ou decoração.   

Não deixem que o Natal seja uma época financeiramene stressante. Basta serem criativas e seguirem um plano, que irão conseguir poupar e muito para o Natal.

 

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *