Manhã do Dia M

Sábado, dia 7, foi dia de festa cá em casa. Foi Dia M – M de Martim.

Já tinhamos tudo mais ou menos encaminhado na manhã de sábado. As pergolas foram montadas na véspera, os balões enchidos e “fitados”, alguns doces e salgados prontos. Pelo que de manhã apenas precisavamos de decorar o jardim.

Parecia que estava tudo bem encaminhado, não fosse o S. Pedro querer brincar connosco e dar-nos uma manhã enublada. Não sabiamos se iria chover ou não, se iria estar frio ou não. A única coisa que sabíamos é que não tinhamos onde colocar 70 convidados dentro de casa se chegasse a tal ponto!

Para além do S. Pedro estar a brincar connosco, também tinhamos duas crianças cá em casa que precisavam de atenção e que brincássemos com eles.

Afinal, não tinhamos as coisas encaminhadas…

Festa

PJ Masks, entrar em ação!

E com muito trabalho e stress à mistura (é sempre assim, nem sei porque insistimos com estas festas) lá começamos a colocar os comes e bebes no jardim e a receber os convidados.

O Martim delirou! Pela primeira vez tinha amiguinhos da escola dele na festa e como estava bom tempo, estiveram sempre a brincar no pátio. Eram cerca de 20 crianças, amigos e primos, quase todas da mesma idade. Colocámos alguns brinquedos e viaturas (temos uma frota de motas, bicicletas e afins) para que eles pudessem brincar fora de casa (aspeto importante!).

O Dinis no início estava um pouco aborrecido Tinha dormido pouco e depois com tanta gente, e todos a quererem fazer festa com ele, e a querem pegar nele, bem, ele não é anti-social, mas não gostou nada. Mas mal lhe demos um pãozito, o aborrecimento passou e lá andou no colo de toda a gene, até ficar novamente aborrecido e querer dormir (duas tentativas, nada fácil).

Não me vou alongar muito a contar como foi a festa, e o que tinha, até porque mais uma vez, não tirámos fotos à festa antes de começar e poucas fotos temos de durante a festa. É sempre a mesma coisa 🙁

No final do dia, tinhamos o Martim feliz e cansado, o Dinis cheio de energia, o jardim desarrumado, a casa desarrumada, e os pais exaustos (que não comeram praticamente nada durante a festa e acabaram por jantaràs 22h30).

Acham que valeu a pena? Pelos nossos filhos vale sempre a pena!

 

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *