O primeiro aniversário

O primeiro aniversário é na verdade o nosso grande teste como mãe na organização de eventos. O primeiro aniversário tem de ser memorável! Se correr bem, repetimos no próximo ano e tentamos superar a primeira festa; se correr mal, ou não voltamos a fazer em grande, ou então tentamos corrigir o que correu de mal e esperar que corra melhor desta vez. Caso contrário, desistimos e os próximos aniversários serão apenas com os avós e padrinhos.

“Há 12 meses atrás eu tornei-me a mãe orgulhosa do bebé mais lindo de sempre. Por favor, não cresças rápido de mais!”

No primeiro aniversário convidamos toda a família, amigos e conhecidos. Pensamos muito bem no tema, na ementa, na decoração. Pedimos ajuda, pesquisamos, stressamos. Marcamos férias (pelo menos um dia) para prepararmos o espaço. E depois no dia, andamos tipo baratas tontas a correr de um lado para o outro para repor doces, salgados, sumos, limpar, arrumar, e quando damos por ela, esquecemo-nos de tirar fotos (aconteceu comigo e ainda acontece!)

Eu começo a pensar no aniversário do Martim no início do ano e ele só faz anos em Julho! Um exagero, certo? Talvez não. Entre dividir o nosso tempo com o trabalho, lida da casa, família, etc, acaba por não sobrar muito tempo para prepararmos a festa. E apesar de começar a pensar cedo, a verdade é que termino os preparativos sempre na véspera.

Que temas escolher

A primeira coisa a fazer é escolher o tema. Quando se trata do primeiro aniversário, por norma, a mãe é que escolhe o tema a seu gosto, pois o bebé ainda não tem “preferências”. E o normal é ser o Mickey / Minnie. Depois do tema escolhido, é só comprar a decoração e encontrar uma pastelaria que faça o bolo de aniversário com os bonecos escolhidos.

Se forem como eu, que fazem toda, ou quase toda, a decoração em casa, eu recomendo o site Fazendo a nossa Festa. Por norma encontro aqui o tema que quero e o material para fazer download. Depois personalizo, imprimo, recorto e decoro.

A Galinha Pintadinha

O primeiro ano do Martim foi marcado pela Galinha Pintadinha. Descobrimos esta curiosa personagem no Youtube e a partir daí começamos a ouvir as músicas dela todos os dias. Tínhamos inclusivé os vídeos para que pudéssemos ver directamente na tv, sem os soluços da internet. Nesta altura ainda não tínhamos televisão por cabo, por isso o Martim não conhecia nem o Mickey nem o Panda.

Foi também nesta altura que começou o fascínio / obsessão do Martim pelos telemóveis e tablets. Asneira nossa.

Como o Martim ficava sossegadinho a ver os vídeos da Galinha e seus amigos, resolvemos (resolvi) fazer o tema da Galinha Pintadinha no primeiro aniversário do Martim.

Fiz o convite (enviado pelo Facebook), os rótulos das águas, os rótulos das bolas de sabão, bandeirinhas, cone para as gomas e caixa para as pipocas e borboletas em cartão para colocar os chupa-chupas. Ainda tinha começado a fazer o centro de mesa que era a Borboletinha, mas não acabei. Lá está, tantos meses de preparação e mesmo assim não tive tempo suficiente para preparar tudo.

Tudo o resto, comprei: balões, pratos, copos e guardanapos azuis às pintinhas brancas (tal como a Galinha Pintadinha).

O bolo de aniversário fui eu que o fiz (receita do Masterchef). Apenas mandamos fazer a”hostia” para colocar por cima.

Como disse em cima, com todo o stress, acabei por me esquecer de tirar fotos, e depois alguém se lembrou de tirar ao bolo (já quase todos comido!)

O Panda

Para o segundo aniversário do Martim, escolhi o tema do Panda. Foi em 2016 e o Canal Panda também estava de parabéns. Fazia 20 aninhos.

Desta vez, não pude is ao site Fazendo a nossa Festa, pois não tinha nada sobre o Panda. Pesquisei, pesquisei, e lá encontrei uns materiais que podia utilizar. Fiz os rótulos para as garrafas de água, os rótulos para as bolas de sabão, fiz pandas com EVA e ainda fiz um photoboth com canas de bambu onde o Martim tirou fotos com os convidados.

O segundo aniversário foi mais especial ainda pois foi o baptizado do Martim. Fizemos uma festa 2 em 1.

O bolo foi encomendado e desta vez levava um panda feito de pasta de açúcar. Nós pedimos um panda, mas não tenho bem a certeza do que aquilo era. E não, não tenho a foto do bolo para mostrar… Suspiro…

“Filho, há dois anos atrás eu tive-te pela primeira vez nos meus braços. Olho para ti agora e fico espantada com o que já cresceste e aprendeste.”

A Patrulha Pata

2017 foi o ano da Patrulha Pata. O Martim só queria os bonecos da Patrulha Pata, os vídeos da Patrulha Pata, a roupa da Patrulha Pata.

Penso que foi o ano da Patrulha Pata para muitas crianças, pois foi muito fácil arranjar material para decorar a festa.

Desde convites, a rótulos de água, rótulos de bolas de sabão, imagens para photobooth, desenhos para as crianças colorirem, bandeirinhas, placas para identificar a comida… Encontrei tudo aqui.

Ainda arranjei uns comedouros para cão e gato e utilizei-os para colocar as batatas fritas e os patés com tostinhas.

Devo dizer que este foi o aniversário que mais gostei de preparar, até porque já estava grávida do Dinis.

O próximo tema

Não sei qual será o próximo tema. Já falámos em fazer o tema dos Piratas, até porque o Martim e o Dinis vestiram-se à piratas neste carnaval e até podiam vestir-se novamente para o aniversário.

E porque é que ainda não preparei nada? Por vários motivos:

  1. O ano passado, S. Pedro ameaçou de chuva o aniversário do Martim. Estivemos até à última para decidir se faríamos a festa no jardim ou dentro de casa. Conseguem imaginar 60 pessoas uma salinha?
  2. Depois, o Dinis faz anos em Outubro. Quando nasceu estava calor, mas quem é que no garante que vai estar assim este ano? Se chover teremos de fazer a festa dentro de casa. E mais uma vez conseguem imaginar 60 pessoas numa salinha?
  3. As festas de aniversário em casa são muito stressantes. Andamos sempre preocupados em repor os comes e bebes, em certificarmo-nos de que não falta nada, e depois esquecemo-nos de tirar fotos, de comer e de aproveitar o dia.

Mas, como parece que gostamos de “sofrer”, e porque somos bons no que fazemos 🙂  vamos fazer festa de anos temática novamente. Talvez piratas, talvez outra coisa qualquer que ainda não pensei bem. O Martim ainda não se pronunciou.

O que não pode faltar?

Independentemente da temática, há coisas que nunca podem faltar na nossa festa de anos São estas:

  • Garrafas de água com rótulo personalizado;
  • Bolas de sabão com rótulo personalizado (compro sempre na loja Tiger) para oferecer de lembrança às crianças (não gosto de oferecer gomas);
  • Bandeirinhas com PARABÉNS e MARTIM
  • Bandeirinhas a identificar a comida;
  • Photobooth decorado com o tema
  • Pratos, copos e guardanapos temáticos apenas para servir o bolo de aniversário

A ementa também não costuma variar muito. Muitas coisas são feitas em casa, por mim, pelas avós e pelas tias. Para além do que aqui está, também costumamos colocar qualquer coisa vegetariana, pois temos 2 pessoas vegetarianas na família.

Bebidas:

  • Água
  • Dispensador com sumo de laranja
  • Dispensador com limonada
  • Cerveja
  • Vinho

Entradas:

  • Rissóis de carne, camarão, mistos e vegetarianos (feitos pela avó Mimi)
  • Bolinhos de bacalhau (feitos pela avó Mimi)
  • Coxinhas de caranguejo
  • Patés de atum, delícias do mar e queijo, acompanhado de tostinhas
  • Folhados (feitos pela avó Irene)
  • Batatas fritas
  • Pipocas
  • Sandes de pão de forma de queijo e fiambre
  • Azeitonas e tremoços
  • Queijos e enchidos

“Prato principal”:

  • Moelas (feitas pela avó Mimi)
  • Bifanas (feitas pela avó Irene)

Sobremesas:

  • Bolo de aniversário
  • Chesecakes (feito pela avó Irene)
  • Tartes
  • Bolos vários
  • Gelado
  • Mousse
  • Gelatina
  • Fruta

Como estamos mais atentos à nossa alimentação, penso que teremos de mudar algumas coisas na ementa.

Assim que tiver a certeza de qual será o tema e a ementa, eu partilho convosco.

Mamãs, não se esqueçam vocês também de partilhar as vossas sugestões para livia.gomes@maereal.pt

 

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *