A VERDADE NÃO PODERIA ESTAR MAIS LONGE DA REALIDADE

Mamãs, vocês sabem que é verdade. Quem daqui esteve mesmo de férias? Eu não. Aliás, como já ouvi dizer, férias com crianças não são férias. São mudança de local com as crianças e roupas e brinquedos para um sitio onde, se Deus quiser, não teremos de cozinhar e limpar (arrumar, sempre).

Foi isso que aconteceu connosco. Fomos 7 dias para a Covilhã, para onde vamos sempre, e tentámos relaxar com os miudos. Mas a verdade é que é impossivel relaxar com duas crianças pequenas e com o namorido a trabalhar. Sim, porque quando se trabalha por conta própria, não podemos dar-nos ao luxo e fechar a empresa durante 7 dias. Não, nunca, nem pensar!

PURALÃ – WOOL VALLEY HOTEL & SPA

Mas este post não é sobre queixumes, mas sim para vos dar a conhecer uma pérola no interior do país chamado Puralã – Wool Valley Hotel & Spa. Bem, se calhar não deveria falar sobre este hotel, pois desde que começamos a ir para lá – 2015 – que temos verificado o número de hóspedes a crescer e crescer e crescer. Literalmente, porque é quase tudo familías com crianças ou grávidas, e que também se estão a tornar hóspedes recorrentes.

Ficámos a conhecer este hotel familiar através de uma colega de trabalho.  E desde 2015 que vamos para lá. O Martim chama a este hotel “o hotel velho” para o conseguir distinguir do Hotel Vila Galé Sintra onde fomos no inverno passado em comemoração do nosso 15º aniversário. Vocês recordam-se. Contei-vos tudo aqui:

Atenção, o hotel não é velho. O Martim é que distingue os hoteis assim, por este ser o hotel para onde vamos sempre. É o mais antigo nas nossas viagens. E o outro, o mais recente 🙂

E quais os motivos para ficarmos alojados no Puralã – Wool Valley Hotel & Spa? Simples, tem tudo o que uma família precisa, num espaço fechado, reservado, seguro, e a preços acessiveis. Ah, claro, e permite sossego para o namorido trabalhar.

Claro que existem outros hoteis com as mesmas características que este e provavelmente ficam no litoral, mas eu não os conheço, e com duas crianças pequenas, a passar grande parte do tempo sozinha com elas, tem que obrigatoriamente ser num hotel que eu conheça e me sinta confortável (para além de que eu não gosto muito de praia – água fria e areia suja (leia-se porca) ).

Eis os motivos para ficar no Puralã – Wool Valley Hotel & Spa:

  1. Todos os verões fazem uma promoção de alojamento com meia pensão. Aliás, até 2018 faziam duas promoções: Early Summer e Hot Summer. Este ano apenas tiveram o Hot Summer. Ficamos 7 noites pelo preço de 889€, quarto familiar. As crianças até aos 10 anos não pagam.
  2. Pequeno almoço buffet incluido, rico e variado. Este ano tinhamos uma favo de mel (verdadeiro) para nos servirmos de mel – o pai adorou!
  3. Meia pensão buffet, bebidas não incluidas – optamos sempre por jantar no hotel, visto os pequenos estarem cansados da piscina. A comida é ótima, variada, com produtos regionais. Atenção porque vão engordar!
  4. Acesso ao Natura Clube & Spa, que inclui piscina exterior e interior, ginásio, suna, jacuzi. As piscinas são otimas, mas começam a ser pequenas para tantas famílias. Nós passamos a maior parte do tempo na piscina interior, com água aquecida (morna). Apesar das altas temperaturas que se fazem sentir no exterior, a água da piscina exterior é fria e os meus filos não gostam muito e preferem ir para a piscina interior. Eu também prefiro porque assim escuso de andar sempre preocupada com o protetor solar e bonés, e escaldões (meus, claro).
  5. Tem um Kids Clube (como todos os hoteis, certo), e as animadoras preparam programas para os pequenos a partir das 15h até às 22h. O único inconveniente e que este fica perto da receção, logo da saída do hotel. Sempre que os pequenos iam para lá, lá ia a mãe com eles.

    Kids Club
  6. É calmo e silencioso, mesmo estando cheio.

Os funcionários são 5 estrelas! Tratam-nos muito bem, sempre a certificarem-se que está tudo bem connosco e se precisamos de alguma coisa. Adoram os meus filhos, por isso o que mais dizer?! 🙂

Receção
Bar e restaurante
Bar e restaurante
Deve ser aconchegante passar as noites frias de inverno em frente a esta lareira!
Imenso espaço de convívio. Este dá acesso à sala de bilhar (sem foto).
Bar

Em casa 🙂

COVILHÃ

“Então, mas vocês ficam fechados no hotel o dia todo?” Claro que não. Quando o pai não estava a trabalhar, iamos passear até ao Jardim do Lago, até ao Mercado da Covilhã, ou até Belmonte. E almoçavamos no Serra Shopping.

Mas isso é outra história, que contarei futuramente.

Para já, fiquem com o link do Puralã – Wool Valley Hotel & Spa e façam uma vista. E se para o próximo ano resolverem passa férias lá, digam-me qualquer coisa. Pode ser que nos encontremos por lá!

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *