Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/customer/www/maereal.pt/public_html/wp-content/plugins/convertkit/lib/class-convertkit-api.php on line 1315

Olá Mamãs,

como sabem, a família Real 😜 cancelou as férias deste ano, devido ao COVID 19. E por isso, temos tentado compensar com passeios a locais novos, mas também a locais que já conhecemos, como foi o caso do ZOO DE SANTO INÁCIO, onde costumamos ir todos os anos.

Na semana passada fomos à MATA NACIONAL DO BUÇACO (pelo o que eu entendi, Buçaco escreve-se com ç ou com dois ss 😕 ) com a avó Mimi e com os Tios (que já conheciam o local).

Para quem não sabe, a MATA NACIONAL DO BUÇACO fica na Serra do Buçaco, mais propriamente no Luso (sim esse Luso de onde vem aquela água fresquinha).

O QUE VER

  • Palace Hotel do Buçaco
  • Convento de Santa Cruz
  • Ermidas de habitação (10)
  • Capelas de devoção (4)
  • Via Sacra (20 Passos)
  • Cerca com as respetivas Portas (10)
  • Museu Militar
  • Monumento comemorativo da Batalha do Buçaco
  • Cruzeiros
  • Fontes (6)
  • Miradouros
  • Casas

Como é uma mata, não podia deixar de estar rodeada de flora. E aquilo é simplesmente lindo!

Na minha opinião, podia estar um pouco mais cuidada, mas eu entendo que sendo uma serra, não seja fácil retirar árvores centenárias caídas e queimadas, e acreditem, existe muitas árvores queimadas ☹️

No entanto, tiveram uma ideia brilhante a mantiveram um árvore caída no mesmo local, colocaram corda à volta e a árvoe funciona agra como uma ponte. A sério, genial! Apesar de ser um pouquinho alto e eu ter tido medo, ao ponto de passar apenas uma vez por lá 😱

O que irão encontrar na mata:

  • 257 espécies lenhosas.
  • 89 Espécimes notáveis.
  • Cerca de 400 espécies de flora autóctone.
  • Cerca de 300 espécies de flora alóctone.
  • Quatro Unidade de Paisagem:
    • Arboreto
    • Pinhal do Marquês
    • Mata Climácica da Cruz Alta
    • Jardins e Vale dos Fetos

Para mais informações sobre a flora e a fauna, cliquem aqui.

CAMINHAR CAMNHAR CAMINHAR

Quem vai visitar a MATA NACIONAL DO BUÇACO tem de estar preparado para caminhar e muito. Existe 4 trilhos para se percorrer. Cada um demora cerca de 2 /3 horas:

  • Trilho Adernal
  • Trilho da Água (2h)
  • Trilho Floresta Relíquia (2h)
  • Trilho Militar (3h)
  • Trilho Via Sacra (3h)

Muito dificilmente conseguiremos percorrer todos os trilhos, principalmente quando vamos com crianças que adormecem às cavalitas do pai e depois temos de fazer o caminho de volta com ela ao colo! (shame on you Dinis!). Por isso, temos sempre uma boa desculpa para voltarmos no ano seguinte.

Por isso, levem as sapatilhas e bastante água, porque vão precisar.

Mapa da MATA NACIONAL DO BUÇACO

ACESSO

Existe uma pequena portagem à entrada da MATA. Nunca tinha visto tal coisa, mas faz sentido. A entrada é gratuita para quem vai a pé e de bicicleta (cruz credo!). Para quem vai de mota, carro, autocaravana e autocarro, os preços vão de 2€ a 30€.

Nós fomos de carro, como é óbvio, porque para além de se caminhar muito, é sempre a subir a serra, e levávamos farnel (adoro picniques!). E claro está, temos as crianças.

Por isso, de carro subímos até à primeira clareira. E depois até ao hotel. Estacionamos um pouco mais à frente do hotel. Tem várias mesas para picnique, em pedra e em madeira.

A NOSSA EXPERIÊNCIA

Não conseguimos ver tudo. Como já referi, são muitos trilhos e o Dinis adormeceu a seguir ao almoço. Mas a mata é linda. É maravilhoso estar no meio da Natureza. A nossa família adora. E adoramos também fazer caminhadas. Por isso estávamos no nosso meio.

Os pequenos adoram estes passeios e adoram estar com a família. O Martim delira com o primo Cristiano, de 13 anos, que tem uma paciência de santo para aturar o primito. E o Dinis estava irreconhecível. Não largava o tio / padrinho Miguel.

Eles estavam felizes. E quando os nossos filhos estão felizes, nós também estamos.

Estes passeios servem para estarmos em família.

Estivemos tanto tempo afastados devido ao confinamento; só nos víamos pelo messenger, que agora temos de aproveitar o tempo que temos para estarmos juntos. Porque quem sabe o que o futuro nos espera? E se vier a segunda vaga de COVID 19 e tivermos de ficar novamente em confinamento?

Não sei se vou aguentar estar longe da minha família novamente.

Por isso vamos aproveitar estes momentos. Um passeio de cada vez. E assim construir memórias bonitas e duradouras com os nossos filhos.

 

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.