Há cerca de duas semanas atrás queixei-me de que os homens da casa andam sempre doentes. Tosse, tosse e um pouco mais de tosse parece ser o lema cá de casa, pelo menos com os homens, porque a mãe tem se aguentado muito bem.

E se não é a tosse, são os dentes que têm dado com o Dinis em doido! Raios partam os dentes que teimam em não nascer!  Para quando uma noite bem dormida!!!

E como as idas ao hospital têm se tornado algo habitual para nós, sexta feira passada lá voltamos ao hospital com o Dinis para ver o que se passava com o pé direito dele.

Sinovite transitória da anca

O Dinis tem passado meio dia comigo e meio dia com a avó Mimi, que também não tem andado muito bem e tem andado a tomar injeções todos os dias. Como o Dinis andou a semana toda a fazer cocó de 10 em 10 minutos, e tinha o rabinho assadinho, ele não podia andar na rua. Logo, sempre que a avó tinha de sair, o Dinis ficava com a mãe.

Na sexta feira de manhã apercebi-me que o Dinis estava a caminhar meio coxo e o pé direito estava saido para fora, tipo à pinguim. Achei que seria de andar a semana toda descalço, apenas com meias, pelo que disse à avo ppara calçar as sapatilhas, porque o Dinis já estava a ganhar jeito com o pé.

Ao final da tarde fui às compras com o Dinis e apercebi-me que ele estava a caminhar pior e a coxear mais.

Chegámos a casa, contei ao pai, e resolvemos ir ao hospital da Trofa.

Sinovite transitória da anca, foi o diagnóstico da doutora. Inflamação temporária da anca que acontece após ficarem doentes. os adultos quando ficam doentes, sofrem depois de dores musculares. As crianças sofrem de sinovite transitória da anca.

O tratamento é Brufen duas vezes ao dia (manhã e noite) durante quatro dias, e descanso, nada de esforços. Se após esses quatro dias o pé não tiver voltado ao normal, então teremos de voltar ao hospital para o Dinis ser reavaliado.

O pé parece estar melhor, se bem que ontem foi um dia puxado pra o Dinis. Andou no pátio / jardim, e à tarde teve um aniversário. Ao final da noite andava a coxear um pouco.

No entanto, espero que esteja totalmente recuperado até amanhã à noite, caso contrário,  mudo-me de vez para o hospital!

E o que é a sinovite transitória da anca?

 

É uma inflamação temporária da anca que pode causar dor na anca  e na perna. É desagradável para ma criança mas pior ainda para um bebé, que não sabe ainda se queixar. por norma, desaparece ao fim de 4 a 7 dias e não costuma deixar danos a longo prazo.

Não se sabe exatamente a causa da sinovite transitória da anca, mas por norma as crianças desenvolvem-na depois de uma infecção viral, como uma constipação ou uma diarreia – causa do Dinis!!! Por isso, os médicos acham que a sinovite transitória da anca é causada por substâncias produzidas pelo sistema imunológico do corpo para combater a determinada infecção.

A sinovite transitória da anca é mais comum nos meninos, entre os 3 e os 10 anos, mas pode acontecer a meninos com menos de 3 anos.

Quando as crianças têm sinovite transitória da anca, a dor começa de repente e geralmente é apenas num lado do corpo. No caso do Dinis, no lado direito.

Outros sinais que indicam sinovite transitória da anca:

  • uma infecção viral recente, como um vírus da constipação ou do estômago;
  • febre baixa (até 38 ° C);
  • mancar com os dedos virados para fora, o joelho dobrado ou esticado;
  • andar na ponta dos pés;
  • desconforto na anca após um longo período de descanso da articulação (ccomo estar senado no carro ou na mesa ou no sofá);
  • dor no joelho ou na coxa sem dor na anca;
  • choro e recusa em andar.

Como disse, é suposto desaparecer até quarta feira, entre 4 a 7 dias. Se bem que já li que às vezes pode demorar semanas! E embora não tenha efeitos a longo prazo, algumas crianças podem desenvolver sinovite transitória da anca várias vezes durante a infância.

Esperemos que seja a única vez do Dinis!

Sejam reais!

Lívia

O melhor elogio que poderei receber é partilharem e fazerem like no meu artigo. Vá lá! Elogiem-me!
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *